Artigos - Sanshou

Pelos Mestres Liang Shou-Yu e Tai D.Nyo

in Chinese Fast Wrestling for fighting: the art of San Shou Kuai Jiao

(traduzido por Sofia Simões)

O San Shou Kuai Jiao refere‐se às técnicas utilizadas na luta livre chinesa para dominar ou derrubar um oponente. Uma vez que o San Shou Kuai Jiao enfatiza a velocidade, é conhecido como Luta Rápida. Em Chinês, as palavras San Shou significam ‘luta livre’ e implicam o uso de aptidões marciais ao nível das mãos. Kuai Jiao significa ‘dominar ou derrubar rapidamente’ um oponente.

 

Tradicionalmente, as técnicas de combate das artes marciais dividem‐se em quatro categorias gerais: Ti, Da, Shuai, Na. Ti significa ‘pontapear’; Da significa ‘bater’; Shuai (abreviatura de Shuai Jiao) significa ‘lutar’; Na corresponde a Qin Na, que consiste na imobilização de um oponente através do controlo das suas articulações, músculos e tendões. De uma forma geral, num combate, as técnicas de pernas são utilizadas para ataques de longo alcance e as técnicas de mãos para ataques de alcance curto.

 

Para nos tornarmos em artistas marciais completos, deveremos ser competentes ao nível das quatro categorias básicas de combate acima mencionadas. Antigamente, as competições de San Shou tinham lugar no Lei Tai, uma plataforma de 7x7 metros com 1,5 metros de altura. O vencedor era anunciado quando um oponente fosse derrubado do Lei Tai ou atirado ao chão.

Assim, Shuai Jiao é uma parte importante dos combates de San Shou. Um artista marcial que não possua competências de Shuai Jiao dificilmente sobreviverá a um combate de San Shou.

 

Crê‐se que o Shuai Jiao é a arte marcial mais antiga na China. A sua história remete para centenas de anos atrás. Conta a lenda que Shuai Jiao já existia durante o reino do Imperador Amarelo, Huang Ti (黄􀜎) – 2697 a.C. –, fazendo parte do treino de soldados. Ao longo da história chinesa, esta arte tem sido adoptada por governos de diferentes dinastias enquanto método de treino militar. O Shuai Jiao não era apenas utilizado como ferramenta de treino militar, mas também vastamente praticado entre os civis. Foram estes últimos que aperfeiçoaram e tornaram esta arte popular.

 

Na dinastia Song – 960‐1278 d.C. – a arte do Shuai Jiao atingiu um nível bastante alto; o combate rápido (Kuai Jiao) já existia, sendo muito popular. Durante este período, os ataques tornaram‐se mais complexos, havendo grande ênfase na rapidez e habilidade de movimento.

 

Em termos técnicos, a fundação e princípios básicos do San Shou Kuai Jiao assentam no combate tradicional chinês, Chuan Tong Shuai Jiao, tendo sido adaptados para o treino de combate moderno. As técnicas e princípios do San Shou Kuai Jiao são muito simples, eficazes e, principalmente, de grande velocidade. Devido a esta rapidez e eficácia, é rara a oportunidade que um oponente tem para contra‐atacar. O San Shou Kuai Jiao é uma arte que não se baseia apenas na força muscular – deve ser executada habilmente. Esta arte enfatiza que o impacto directo com o poder de um adversário deve ser sempre evitado e, também, que devemos sempre tentar aproximarmo‐nos rapidamente do inimigo e utilizar o poder deste contra ele próprio. Devido à sua eficácia, o San Shou Kuai Jiao tem sido, durante centenas de anos, parte integrante dos treinos de artes marciais chinesas de todos os estilos.

 

O San Shou Kuai Jiao pode causar enormes danos físicos a um oponente. A seriedade das lesões depende do grau de força utilizado na técnica. Um uso moderado de força pode derrubar rapidamente um adversário e diminuir a sua capacidade de combate. O uso excessivo de força pode lesionar permanentemente um adversário. Assim, o San Shou Kuai Jiao tem sido considerado valioso pelos artistas de artes marciais chinesas durante séculos. Mesmo com a tecnologia militar actual, o San Shou Kuai Jiao é considerado uma arte de combate importante. Na China actual, é utilizado como treino policial, militar e das forças especiais.

 

Os Princípios Gerais do San Shou Kuai Jiao

 

As estratégias de ataque e defesa bem‐sucedidas irão, de uma forma geral, seguir os princípios e regras básicas do estilo em questão. Sem uma compreensão desses princípios e regras, é impossível atingir um nível elevado de capacidade nesta arte. Um dos princípios básicos do San Shou Kuai Jiao consiste em tomar vantagem da postura corporal do adversário e aplicar as técnicas adequadas no momento certo, para que o adversário seja derrubado. Ao aplicar uma técnica do San Shou Kuai Jiao, é necessário seguirmos as posturas corporais e as técnicas do nosso oponente, saber como aproveitar a sua força e utilizá‐la contra ele. Por exemplo, quando o corpo do adversário está esticado para a frente, devemos evitar empurrá‐lo para trás, e vice versa.

 

Existem dois elementos básicos numa projecção com sucesso. Em primeiro lugar, a oportunidade para derrubar o adversário de forma rápida depende principalmente da sua postura corporal. Em segundo lugar, devemos utilizar a técnica de San Shou Kuai Jiao adequada, no momento certo. A projecção não terá sucesso no caso de se perder um dos elementos acima mencionados.

 

 

As técnicas do San Shou Kuai Jiao são limitadas por ou conciliadas com as técnicas de mãos e de pernas. Estas podem ser defensivas ou ofensivas. Quando usadas para defesa, temos de aludir o adversário a atacar primeiro ou interceptar o ataque deste no momento certo aplicando, em seguida, a técnica apropriada. Quando usado na ofensiva, temos de ser capazes de criar oportunidades de projecção, atacando em primeiro lugar. Pontapés, murros e ameaças irão forçar o adversário a concentrar‐se na defesa, enquanto procuramos a oportunidade certa para o derrubar.

 

A oportunidade é um factor importante num combate. Mas, para tirar partido de uma oportunidade que se apresenta, a noção de tempo e a capacidade de decisão são cruciais. Durante o combate, os lutadores deverão mover‐se e mudar constantemente as suas estratégias de combate. Assim, as posturas corporais estão também em constante mutação, ajustando‐se a novas situações. A alteração da postura corporal ocorrerá num piscar de olhos. No entanto, existe sempre a possibilidade do adversário cometer algum erro. Quando tal acontece, é necessário tomarmos uma decisão rápida e aplicar a técnica adequada. Se a nossa noção de tempo não estiver correcta ou se hesitarmos, a oportunidade desaparecerá. E, se perseguirmos uma oportunidade perdida, todos os nossos esforços serão em vão e estaremos a colocar‐nos numa posição perigosa.

 

Para sermos competentes na arte do San Shou Kuai Jiao, deveremos não só compreender os seus princípios básicos, como também possuir muitas outras aptidões, nomeadamente: manter uma mentalidade correcta num combate; as nossas técnicas devem ser vivas, velozes e fortes; é necessário saber como e quando aproveitar oportunidades e aplicar técnicas de forma engenhosa. O uso da estratégia não pode, claro, ser ignorado num combate.

 

 

Eis os principais pontos‐chave enfatizados no treino de San Shou Kuai Jiao:

 

• Coordenação do Externo e Interno;

 

• Aproveitar oportunidades vantajosas em combate;

 

• As técnicas devem ser precisas;

 

• A execução das técnicas deve ser rápida;

 

• Preparação Mental;

 

• Adaptação sábia de estratégias.

  • Facebook Reflexão
  • Reflexão YouTube

Perfil de Facebook

Canal YMAA Portugal

Associação de Artes Marciais Yang Portugal

 

Travessa da Ordem Militar do Hospital

nº7 - 4º Dto

Falagueira

2700-626 Amadora

 

E-mail: info.aamyp@gmail.com